Uma reunião  realizada na sede da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), no Rio de Janeiro (RJ),  no dia 29/11, definiu, o formato e a tabela da temporada 2018 da Superliga B feminina de voleibol. Estiveram presentes representantes de cinco dos seis clubes que disputarão a quinta edição do campeonato. Na plenária eles decidiram o formato da competição, assim como o calendário.

VOLEI

A Superliga B 2018 terá início do dia 25 de janeiro e final prevista para 07 de abril. Os seis times jogarão em turno único entre si. Os dois melhores classificados avançam direto para as semifinais, enquanto os quatro restantes fazem ainda um playoff quartas de final. A novidade para a nova temporada está na disputa das fases eliminatórias que agora será em melhor de dois jogos e, caso necessário, a realização de um Golden set de 25 pontos.

Outro aspecto diferente em relação às temporadas anteriores está na quantidade de clubes que ascendem à Superliga, que agora serão dois (campeão e vice). E, na briga pelo título e por um lugar na elite do voleibol estarão os seguintes times: São José dos Pinhais (PR), Londrina (PR), Cascavel (PR), ADC Bradesco (SP), Lavras (MG) e CEFA (RS).

O mais novo time de voleibol feminino da cidade foi  idealizado pelo Prof. Marcelo de C. Teixeira, da Universidade Federal de Lavras (UFLA) e terá a comissão técnica  formada pelos lavrenses: Falcão (técnico), Paulo Anchieta e Gustavo Vilela.  Também fazem parte da comissão: Gabriel Sulzbacher, Renan Burti e Serginho, todos na área de gestão, comunicação e marketing da equipe que conta com o apoio da Prefeitura de Lavras, Fundecc e Lavras Tênis Clube (LTC).

*Divulgação

Deixe aqui o seu comentário:

anuncie_aqui_720x104_vermelho